18/02, culto vespertino na V. Leopoldina

Neste domingo,18/2, a IPI de V. Leopoldina, nossa congregação, completa 55 anos. Vamos aproveitar que, em razão do carnaval, não teremos o culto vespertino no templo da Primeira Igreja, para participar do culto de aniversário da igreja de Vila Leopoldina, à Rua Cel. Domingos Ramos, 54. O culto será às 18h30.

 

Compartilhar via:

Março, mês de aniversário da Primeira Igreja

A Primeira IPI de São Paulo completará 153 anos no dia 05 de março de 2018. Durante todo o mês haverá atividade especial. Por exemplo, em todos os domingos, um pastor (ou pastora) de uma das nossas congregações falará na Escola Dominical, fazendo exposição dos trabalhos que tem realizado, o desenvolvimento da congregação e planos para o futuro. Esta é uma ótima oportunidade para você convidar familiares e amigos para vir à nossa igreja (Rua Nestor Pestana, 136/152 – Consolação). Veja abaixo como será a programação e participe!

– 04/03, domingo, 9h30

– Rev. Marcelo Custódio de Andrade fala sobre a Congregação Jardim Paulista

– 04/03, domingo, 10h45

– culto especial, com a participação da Orquestra Soarte e do Coro Misto da Catedral

– cerimônia do Jubileu de Ouro do pastorado do Rev. Elizeu Rodrigues Cremm

– lançamento do livro “Apocalipse: ainda há esperança”, escrito pelo Rev. Abival Pires da Silveira

– 11/03, domingo, 9h30

– Rev. Geraldo Majela Sena Silva fala sobre a Congregação do Valo Velho

– 18/03, domingo, 9h30

– Rev. José Andrese Nunes da Silva fala sobre a Congregação de São Carlos

– 24/03, sábado, das 9h às 12h

– encontro da Revª Sherron Kay George – teóloga, pastora e missionária norte-americana – com a liderança da Primeira Igreja, do Presbitério São Paulo e convidados sobre o tema Educação Cristã

– 25/03, domingo, 9h30

– Revª Denise do N. Coutinho Gomes fala sobre a Congregação V. Leopoldina

– 25/03, domingo, 10h45

– culto de encerramento. Revª Sherron Kay George trará a mensagem para a Igreja

Compartilhar via:

Curso Breve “Corpo: saber cuidar”

Em 18/02, a aula será sobre “Saúde integral: corpo, alma e espírito”, com o Prof. Dieter Brepohl, CEO da Lapinha Spa (PR). No dia 25/03, além do Prof. Dieter, estará conosco sua esposa, Margareth Novaes Brepohl, filha do falecido presbítero Fausto do Amaral Novaes. Ela é terapeuta familiar, formadora de Terapeutas e professora da Faculdade Teológica Sul Americana de Londrina (PR). Na Lapinha Spa, Margareth é diretora de Qualidade. O tema da aula será “Como vivem as pessoas felizes: Metal Wellness and Wellbeing”. Venha prestigiar esta aula, às 9h30, na Capela, Rua Nestor Pestana, 136 – Consolação.

Compartilhar via:

Mães em Oração: reunião de fevereiro

Este Ministério terá sua primeira reunião do ano no dia 18/02, às 9h30, no salão social (Rua Nestor Pestana, 136 – Térreo).  Em razão do carnaval, não será no segundo domingo do mês, como de costume. O Rev. Valdinei trará a mensagem para as mães. Se você ainda não participa deste ministério, aproveite esta oportunidade para compartilhar experiências, sonhos e orações com outras mães.

Compartilhar via:

Ouça o sermão no Soundcloud

Para ouvir os sermões de domingo no SoundCloud acesse https://soundcloud.com e procure o canal da Catedral Evangélica de São Paulo. Se você se cadastrar neste nosso canal, poderá fazer o download do áudio.

Compartilhar via:

Revista Visão, Especial 500 Anos da Reforma

Nesta edição especial dos 500 Anos da Reforma Protestante, a Revista Visão traz coletânea de reflexões sobre contribuições, desdobramentos e implicações do movimento que transformou a história da Igreja e da sociedade. Veja também artigos a respeito do precioso legado da Reforma no Brasil. Reunimos teólogos e pensadores de diversas áreas para este exercício conjunto. Clique aqui e leia a versão digital!

Compartilhar via:

Primeira IPI de São Paulo reivindica reforma política

A Primeira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo (ou Catedral Evangélica de São Paulo) lançou, no dia 31 de outubro de 2017, o movimento Reforma Brasil, manifestação cívica apartidária que visa a conclamar todos os cidadãos brasileiros para reivindicar uma reforma política de verdade para o País.

Depois de passarem o dia jejuando, orando e lendo a Bíblia, membros e pastores da Igreja participaram de ato cívico de lançamento do Manifesto Reforma Brasil, que repudia a atual situação política brasileira e apresenta sete reivindicações de mudanças. O jurista Modesto Carvalhosa, referência nacional em matéria de programas anticorrupção, participou da cerimônia como representante da sociedade civil.

“Vale de ossos secos é a paisagem política brasileira na atualidade, território dominado por legiões de mortos-vivos, instalados nos centros de poder do País. São cadáveres insepultos da política que continuam a circular impunes, graças ao salvo-conduto do foro privilegiado, às malas de dinheiro e às relações corporativas nefastas com os tribunais.” Assim começa o Manifesto Reforma Brasil, lido pelo Rev. Valdinei Ferreira. E continuou: “Nesse cenário desolador, reafirmamos a democracia como valor inegociável e a política, como instrumento essencial na vida do País. Entretanto, é preciso democratizar a democracia, reformando estruturas e mecanismos da política para que cumpram sua missão na mediação dos interesses conflitantes na sociedade plural em que vivemos. Isso será alcançado somente se a sociedade estabelecer as regras da política, e não os políticos de carreira que aí estão”. Leia a íntegra do Manifesto e a repercussão na imprensa acessando o site do Movimento: www.reformabrasil.org.

Compartilhar via:

Catedral terá dois órgãos de tubos!

Até o final de 2018 a Catedral Evangélica de São Paulo terá dois órgãos de tubos em seu templo. No dia 16 de setembro  a Catedral, a Universidade de São Paulo e a Fundação Mary Harriet Speers celebraram convênio para viabilização de montagem, instalação, utilização e manutenção de um Órgão de Tubos Gerhard Grenzing no templo da Catedral, situado à Rua Nestor Pestana, 152, no Centro da capital. O convênio tem por objetivo conjugar esforços dos partícipes para “apoiar, incentivar, assistir, desenvolver e promover a cultura, a educação e as artes”, tornando acessível a música desse instrumento a parcelas maiores da população. A assinatura do documento se deu após longa e cuidadosa negociação entre as três instituições, iniciada em abril de 2017.  O convênio permitirá que as três instituições partícipes trabalhem em conjunto para proporcionar cultura e educação à população paulista e até de outros Estados.

Por meio do convênio, o órgão disponibilizado pela Universidade será utilizado pelos alunos da ECA-USP dos cursos de graduação, pós-graduação e extensão. “Sabe-se que a arte organística é pouco difundida em nosso país; a instalação do órgão Grenzing estimulará novos talentos e contribuirá para a formação de futuras gerações de músicos-organistas”, afirma o professor José Luís de Aquino, professor do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da USP. Todas as atividades envolvendo o novo órgão de tubos estarão sob a coordenação do Prof. José Aquino, pela USP, e pelo organista Luiz Otávio do Carmo, pela Catedral.

A Catedral oferecerá oportunidades de os alunos tocarem nos cultos, colaborando para a formação de profissionais músicos e cumprindo sua missão de atuar criativa e solidariamente para transformação de pessoas, sociedade e cultura em nossa geração. “O órgão de tubos é um instrumento alinhado à nossa tradição litúrgica e protestante. Tanto que, em 1986, recebemos um órgão Austin, de 1911, como doação da Igreja Presbiteriana de Greenville (EUA). Este instrumento tem mais de cem anos e ainda é utilizado todos os domingos em nossos cultos”, afirma o pastor titular da Catedral Evangélica, reverendo Valdinei Ferreira.

O convênio também permitirá que a Fundação Mary Harriet Speers ofereça formação musical para crianças, adolescentes, jovens e idosos, e de projetos de cultura musical para pessoas carentes, visando à inclusão social. O Projeto Socioeducacional e Cultural Soarte, mantido pela Fundação, atende alunos de todas as idades com poucos recursos financeiros.

O Órgão Grenzing modelo GG–169 é composto de cinco corpos, 3.400 tubos aproximadamente, 11 foles, quatro teclados com 58 notas, 32 notas de pedais, painéis para registros e ligações, duas fachadas etc. O instrumento será instalado em uma das laterais da galeria do templo.

Este será o primeiro órgão de tubos da marca a ser instalado na América do Sul. Existem outros em auditórios como o Nacional de Música de Madri (Espanha) e o Nacional de Niigata (Japão), na Catedral de Madri e na Catedral de Bruxelas, em conservatórios de música em Barcelona, Madri, Salamanca, Paris, Lyon, Seul, e nas Universidades de Kobe (Japão) e Dusseldorf (Alemanha).

 

Compartilhar via: