Livros

A Catedral Evangélica disponibiliza variedade de publicações de teor teológico para estudo e meditação. Para ter acesso às obras, você pode entrar em contato com a administração pelo email adm@catedralonline.com.br ou pelo telefone (11) 3138-1600, ou ainda visitar a livraria que funciona aos domingos na antessala da Capela.

Bíblia do Sesquicentenário

Na versão capa dura (foto) e luxo, esta Bíblia (Almeida RA) tem encarte ilustrado com breve histórico da Reforma Protestante, do Presbiterianismo e da 1ª IPI-SP, letra do Hino do Sesquicentenário (de J.W.Faustini) e Hinário CTP.

Catedral Evangélica de São Paulo – 150 Anos

Livro comemorativo com conteúdo histórico e artístico, para ler e consultar. Trata da chegada do Presbiterianismo em São Paulo, da organização e do crescimento da 1ª IPI de São Paulo. Com 180 páginas, é ricamente ilustrado.

Memória e esperança

Como pastor e líder, o Rev. Abival Pires da Silveira soube alimentar a esperança nos corações de quem ouviu suas mensagens e de quem teve o privilégio de fazer parte de sua vida. Este livro conta parte da história do pastor emérito da Catedral.

Protestantismo e modernidade no Brasil

O livro analisa o protestantismo brasileiro e suas relações com a modernidade. O autor destaca o uso que o protestantismo brasileiro fez de sua afinidade com a modernidade representada pelos EUA no fim do século XIX.

Perguntas de Jó

Jó não raspa apenas a própria pele com os cacos a que sua vida foi reduzida. Com os cacos de sua miséria ele vai raspando cada vez mais fundo e vai retirando, camada após camada, todas as respostas simplistas acerca da felicidade, da piedade e do sofrimento.

Como amar pessoas difíceis

Existe um segredo para ser feliz! É o mesmo segredo para ajudar, ainda que moderadamente, que os outros sejam felizes! Este segredo é o melhor recurso para lidar com pessoas difíceis! É disto que este livro trata.

Uma vida maior

Antigamente, as pessoas se perguntavam se existia vida após a morte! Hoje, a questão é se existe vida antes da morte. Algo dentro do ser humano grita: “a vida é mais do que isso que eu estou vivendo!”

Dez palavras de vida

Proibição é a primeira ideia que vem à mente quando pensamos nos Dez Mandamentos. E se, ao invés de pensar em proibição, pensarmos em proteção? Sim, a vida é tão valiosa que deve ser protegida. Os mandamentos de Deus são para proteção da vida.

Natal, desembrulhar e maravilhar-se

O Natal não começou em Belém da Galiléia. O plano do Natal não nasceu na anunciação feita pelo anjo Gabriel a Maria nem nasceu nos dias do profeta Isaías. Ao desembrulharmos o Natal descobrimos um plano que nasceu na eternidade com o próprio Deus.

O maná escondido

A cada dia 1º de janeiro recebemos um presente de Deus, um Ano Novo! Talvez para você se questione: Deus fez o ano novo, mas, o que eu faço com meus velhos problemas? Para enfrentar os desafios do Ano Novo, precisamos da perseverança.

Vivendo no poder da ressurreição

É no Gólgota que Deus começa a revolver o campo da história humana. Viver no poder da ressurreição é saber que o Pai está trabalhando neste campo exausto e árido, o nosso coração. Do solo exaurido, Ele fará brotar a vida.

Alegria

Há alegria nas pequenas coisas: um dia bonito, um bom café,  o telefonema de um amigo… E há alegrias de dias especiais: a formatura, o casamento, o nascimento do filho…  Alegria é coisa séria para Deus. Ele quer de nós apenas uma coisa: a entrega.

Estamos vivendo o fim dos tempos?

Em nossos dias há grande interesse sobre este assunto. E nós, cristãos do século XXI, o que temos a dizer? Qual é a nossa esperança? Temos alguma coisa para dizer sobre o futuro ou a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida?

Comunhão

Esta é uma proposta de reflexão sobre a linha horizontal de nossa vida, a linha em direção às pessoas, considerando que a linha vertical sobe em direção a Deus. O cultivo de relacionamentos saudáveis é a garantia de uma vida melhor e longeva.

Família

Precisamos ter consciência sobre quais fundamentos estamos construindo a nossa vida em família. De castelo de cartas a arranha-céus, a resistência será proporcional à solidez das fundações. Negligencie as fundações e tudo estará em risco.