4º Domingo no Tempo Comum  •  Culto Matutino, 10h45    Cor Litúrgica: Verde

…..

– Prelúdio

I – REUNIDOS, OS FILHOS DE DEUS O ADORAM

– Introito (Solo – Cremilson dos Santos): “Medley de Hinos” – Arr. Cremilson dos Santos e Cezar Elbert

– Saudação

– Leitura: “Alegria no Senhor” – Antífona 3 (Hinário Evangélico): Salmo 104.1–14, 24, 31, 35

Oficiante: Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor, Deus meu, como tu és magnificente: sobrevestido de glória e majestade,

Homens: coberto de luz como de um manto. Tu estendes o céu como uma cortina,

Mulheres: pões nas águas o vigamento da tua morada, tomas as nuvens por teu carro e voas nas asas do vento.

Todos: Fazes a teus anjos ventos e a teus ministros, labaredas de fogo.

Oficiante: Lançaste os fundamentos da terra, para que ela não vacile em tempo nenhum.

Homens: Tomaste o abismo por vestuário e a cobriste; as águas ficaram acima das montanhas;

Mulheres: à tua repreensão, fugiram, à voz do teu trovão, bateram em retirada.

Todos: Elevaram–se os montes, desceram os vales, até ao lugar que lhes havias preparado.

Oficiante: Puseste às águas divisa que não ultrapassarão, para que não tornem a cobrir a terra.

Homens: Tu fazes rebentar fontes no vale, cujas águas correm entre os montes;

Mulheres: dão de beber a todos os animais do campo; os jumentos selvagens matam a sua sede.

Todos: Junto delas têm as aves do céu o seu pouso e, por entre a ramagem, desferem o seu canto.

Oficiante: Do alto de tua morada, regas os montes; a terra farta–se do fruto de tuas obras.

Homens: Fazes crescer a relva para os animais e as plantas, para o serviço do homem, de sorte que da terra tire o seu pão,

Mulheres: Que variedade, Senhor, nas tuas obras! Todas com sabedoria as fizeste; cheia está a terra das tuas riquezas.

Oficiante: A glória do Senhor seja para sempre! Exulte o Senhor por suas obras!

Todos: Desapareçam da terra os pecadores, e já não subsistam os perversos. Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Aleluia!

– Hino Congregacional: “O Grande Amor de Deus” CTP 52

1– A Deus demos glória, pois seu grande amor o Filho bendito por nós todos deu,

E graça concede ao mais vil pecador, abrindo–lhe a porta de entrada no céu.

Exultai! Exultai! Vinde todos louvar a Jesus salvador, a Jesus redentor!

A Deus demos glória, porquanto do céu seu Filho bendito por nós todos deu.

2– Oh, graça real! Foi assim que Jesus, morrendo, seu sangue por nós derramou.

Herança nos céus, com os santos em luz, comprou–nos Jesus, pois o preço pagou.

3– A crer nos convida tal prova de amor nos merecimentos do Filho de Deus;

E quem se entregar a seu bom salvador vai vê–lo sentado na glória dos céus.

– Oração de Adoração

II – REUNIDOS, OS FILHOS DE DEUS CONFESSAM SEUS PECADOS

– Convite Para a Confissão: Mateus 18.3

Disse Jesus: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Confessemos a Deus os nossos pecados.

– Hino Congregacional: “Se Confessarmos” CTP 41

Se confessarmos os nossos pecados,

ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados,

e nos purificar de toda injustiça.

– Contrição e Arrependimento

– Oração de Confissão

– Declaração de Perdão: Isaías 57.15

Oficiante: Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos. Eu lhes declaro: pelo nome de Jesus Cristo, estamos perdoados.

Responso de Louvor: “Brilha Jesus” (CTP nº 20 – 1ª e 3ª estrofes)

1– Luz do amor de Jesus que brilha,

Mesmo nas densas trevas brilha,

Luz do mundo, que tua verdade

Brilhe em nós e nos dê liberdade.

Brilha, Jesus! Sim, brilha em nós!

Brilha, Jesus! Enche a terra da tua glória.

Consolador, fogo ateia em nós!

Para inundar as nações com a tua graça,

Que tua voz fale em nós, e haja luz!

3– No teu brilho real que esplende,

Nossa face a brilhar aprende.

Transformados de glória em glória,

Mudaremos assim nossa história.

Brilha, Jesus! Sim, brilha em nós!

III – REUNIDOS, OS FILHOS DE DEUS CONSAGRAM A VIDA

– Convite Para a Intercessão

– Solo (Cremilson dos Santos): “Quero Cristo” – Negro Espiritual arr: Cremilson  dos Santos e Cezar Elbert

– Oração Pastoral

– Oferenda Musical

– Pastorais

– Convite ao Ofertório: Deuteronômio 6.5 e Mateus 6.21

Oficiante: Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.

– Hino Congregacional: “Buscai Primeiro” CTP 136

1– Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça,

E todas as coisas vos serão acrescentadas.

Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!

2– Não só de pão o homem viverá, mas de toda palavra

Que procede da boca de Deus. Aleluia! Aleluia!

3– Batei, batei e abrir–se–vos–á; buscai e achareis.

Pedi, pedi e dar–se–vos–á. Aleluia! Aleluia!

– Ofertório

– Oração de consagração dos Dízimos e das Ofertas

– Responso Congregacional: “Obrigado, Senhor” CTP 493

Obrigado, Senhor! Obrigado, Senhor! Obrigado, Senhor! Aleluia, amém!

IV – REUNIDOS, OS FILHOS DE DEUS OUVEM SUA PALAVRA

– Leitura Bíblica: Pregador

– Aleluia: “Aleluia”, Honduras CTP 434

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

O Senhor ressuscitou!

– Proclamação da Palavra: Revª Denise Coutinho Gomes

– Solo (Cremilson dos Santos): “O Meu Louvor é Fruto” – Asaph Borba. Arr. Cezar Elbert

– Afirmação de Fé: Igreja Reformada de Zurique, Suíça

Cremos que Jesus Cristo era verdadeiramente humano. Morreu numa cruz. Ressuscitou. Ele vem. Juntos confessamos: Ele vive para cada homem e cada mulher. Ele nos chama para servir ao nosso próximo. Graças a ele nossa vida tem sentido. Sim, Jesus Cristo é o Senhor!

– Bênção

– Amém: “Amém”, Liturgia grega  CTP 447

Amém, amém!

– Poslúdio

– Recessional

Compartilhar via: